Categoria "Pessoalidades"
01 de Dec de 2015

E a Insegurança?

DSC_0197

Lembram daquele post? que eu desabafei como uma pessoa insegura, e tive muitos comentários, muitos, de verdade. <3 Eu sei o quanto a insegurança atrapalha não apenas a mim, mas muitos outros e compartilhar isso, e receber inúmeros comentários que me fizeram chorar, rir e agradecer a Deus por tudo. Eu estou fazendo o meu melhor. Não queria me sentir mais assim, e estou procurando melhorar em tudo. Sim, estive sumida, porque aconteceu muitas coisas em 4 meses meses, e essa coisinha pequena que se chama insegurança, me pegou novamente :( é difícil admitir que ela nos tira o sono, nos tira do trilho sabe, vou tentar explicar da melhor maneira, e também vim compartilhar um pouco do que estou fazendo para que esses dias de insegurança não me perturbe mais. Em agosto aonde eu trabalhava havia 3 anos simplesmente fechou, e eu me vi perdida. Felizmente existiu um anjo que naquele momento não deixou eu cair junto e me ajudou muito, e em menos de dois dias, eu estava em uma agência grande de Campinas, sendo contratada (3 meses de experiência), cheguei em casa e chorei, chorei, deixei as lágrimas caírem, porque estava sendo um momento diferente na minha vida, que pretendo deixar registrado em um post mais tarde :) E comecei naquela agência grande, era diferente, bom, por ter mais de 15 pessoas trabalhando no mesmo lugar, por ter pessoas com experiência de mercado e me ensinando bastante coisa. Porém ela voltou, e voltou bem forte, mas ela voltou junto com uma dúvida que sempre me percorreu e eu fui alimentando... me desanimei com o lugar, com o método e com outras coisas. Final de outubro, vencia meu contrato de experiência e me vi sendo demitida pela primeira vez, foi um baque, foi tranquilo, indecisa? imagina ahahha eu estava querendo sair, porque aquilo tudo já não me satisfazia, mas foi um baque porque ser demitida não é fácil, mas é algo que você convive, aprende e supera. Mas e ai, e agora? o que eu faço?! Foi quando ela voltou de novo, essa insegurança que vai e volta, fiquei com medo de estar desempregada, fiquei com medo de não conseguir nada. Fiz três entrevistas e graças a DEUS, uma semana depois estava empregada novamente, em um lugar novo, que eu não conheço o método e nem sei como vai ser. Um mês nesse lugar novo, e eu quero aprender e conhecer mais. E foi assim que aconteceu nesses 4 meses, algumas mudanças, mas resisti essa coisa chamada insegurança. E eu quero compartilhar algumas coisas que eu venho fazendo para mim e para ajudar nesses dias inseguros.

Tenha em mente que: Precisamos melhorar SEMPRE.

Eu sou daquelas pessoas que acredita que devemos sempre melhorar e nos entender, por isso voltei com a terapia com a piscóloga, e isso tem me ajudado MUITO! Você conversar com alguém que está fora da sua vida é muito bom. E como um dia uma professora minha disse: “Todo mundo precisa de terapia, para nos conhecer melhor”. Eu estou buscando aquele Eu sabe.

Seja egoísta

Tenho pensado em mim em primeiro lugar, como muitas de vocês falaram, seja egoísta pelo menos um pouco, é difícil, mas a gente tem que exercitar isso, porque a gente tem que ficar feliz conosco sabe? sozinha, fazer coisas nossas, descobrir o que gostamos de fazer só com a gente.

Saúde em primeiro lugar

Tenho pensado na minha saúde muito, me matriculei em uma academia e faço zumba, 4x por semana! e sério, me ajudou 50%. A zumba é de 1 hora ou meia hora, mas quando to ali, dançando, parece que não existe nada! é muito bom! É como se você esquecesse todos os problemas possíveis e se concentrasse ali só.

Espiritualidade

Leio tarô todos os dias de manhã. Me alivia e me ajuda a refletir em muitas questões, não é nada demais. Tiro uma carta todo dia de manhã, pensando em várias coisas, ajuda a refletir, a pensar em alguns assuntos.

Escreva o que sente

E uma coisa que tem me ajudado muito, é escrever. Abri um livro no Overnote, é como se fosse um diário, eu vou escrevendo tudo que vem na minha mente, sem filtro, sem pensar, isso me ajuda a colocar as coisas para fora sem machucar ninguém (porque palavras machucam, muito) e principalmente faz a gente pensar e refletir sobre o assunto.

Lógico que cada caso é diferente, e cada pessoa reage e age de forma diferente, mas são algumas coisas que tem me ajudado bastante. E vocês como andam com essa insegurança (já que muitas de vocês compartilharam comigo), andam fazendo alguma coisa para melhorar? <3

Agora, e o layout novo?! vou preparar um post sobre ele e porque decidi deixar o mais simples possível <3 só sei que to amando esse novo layout, transmite muito bem a minha fase *-*

techandall-Apple-Family-mockup

12 de Oct de 2015

Brinquedos que eu mais gostava

Eu não ia deixar de postar algo sobre o dia das crianças, até porque a minha infância eu lembro muito bem e eu amava. Esses dias atrás surgiu uma conversa no trabalho sobre brinquedos da infância, e eu fiquei lembrando de vários que foram muito usados, até não querer mais ou coisas que eu adorava fazer quando era criança :D e queria compartilhar com vocês com o que eu brincava na época e algumas coisas que teria até hoje ahahaha

Eu sempre morei em condomínio, e tinha muitos amigos por lá, quando não estávamos jogando bola na quadra, ou na piscina, a gente se reunia nas escadas dos blocos, na parte do parquinho do condomínio, na casa de alguém e jogava várias coisas, e eu reuni algumas coisinhas que eu jogava bastante ;)

jogos-tabuleiros
Jogos de tabuleiros sempre foram os campeões em casa, a gente tinha esses três e nossa foram usados de uma maneira, que perdemos quase todas as notas do banco imobiliário e algumas peças do detetive ahahah mas era tão gostoso, mas tão gostoso! A gente geralmente jogava nos dias de chuva, nos reuníamos em 6 pessoas na escada em frente a minha porta e ficávamos às vezes das 14h até as 20h jogando, e se cansávamos, pegava outro jogo, era bem divertido. Eu com certeza queria comprar banco imobiliário e detetive pra jogar com meus filhos *-*

supertrunfo
Ioiô era delicioso, lembro que eu nunca consegui fazer muitas “manobras”, mas eu adorava tentar ahaha eu gostava de quando reunia várias pessoas e formavam uma rodinha e ficavam brincando de ioiô hahha saia cada coisa bem legal, porque esse ioiô da Coca foi febre na época e era legal ter todos ahahaha e tinha até campeonato. Agora Super Trunfo eu adorava jogar com meu irmão e o meu primo, a gente tinha vários super trunfos, de carros, de robôs, de moto, nossa e até hoje ainda tem de várias coisas ahaha vontade de jogar de novo!

vareta
Esses brinquedos eram demais, o pega varetas tem até hoje e eu adoraria jogar de novo, tem até algumas variedades desse jogo, com bolinha de gude, mas é bom demais! E o pequeno arquiteto, eu sempre encontrava na dentista ou na pediatra, esse é o brinquedo antigo, que eu lembrava desde os meus 3 anos, eu falo como se fosse um lego de madeira, mas é demais, tem as janelinhas desenhada, os tetos, é muito fofo, mas nunca vi mais :(

E vocês, qual brinquedo vocês brincavam mais quando eram crianças?
Espero que gostem e mais posts vindooo em?! <3 E FELIZ DIA DAS CRIANÇAS, mesmo não sendo mais criança ahhaha s2

Página 3 de 9123456789